tour mais barato que se pode fazer em Tromso é o passeio no teleférico. Subir e descer a montanha nevada que fica do outro lado da ponte (partindo do centro do condado) sai bem em conta, quando é comparado com a tabela de preço dos outros passeios oferecidos na região. São 170 NOK para adultos, mas estudantes pagam apenas 100 NOK. E vale cada centavo. A vista é espetacular.

Apesar de o nome em norueguês fjellheisen ser melhor traduzido como “funicular”, trata-se de um bondinho que sobe a montanha puxado por cabos. O carro é bem menor que o do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, mas subida e descida são feitas com mais velocidade (de 15 a 20 segundos). O bonde sobe até o topo da montanha, a 421 metros acima do nível do mar. De lá, dá para ver todo o centro de Tromso, que é uma ilha com uma ponte de cada lado, que dão acesso às demais partes do condado. A estação de acesso fica a 50 metros acima do nível do mar.

Essa é a vista da subida (ou da descida? Não lembro…). Cabem cerca de 20 pessoas no bondinho e o tempo de espera é curto

Do topo da montanha, a impressão é que o céu está muito próximo. Na verdade, isso não é apenas uma impressão, já que a troposfera fica finda a uma distância bem menor quando o observador está próximo aos polos. A espessura da troposfera (que, para aqueles que perderam as aulas de Geografia na escola, é a camada mais baixa da atmosfera terrestre) tem uma espessura média de 12 km em latitudes médias. Já no Equador, ela é mais espessa, chegando a 17 quilômetros. Nos polos, entretanto, não ultrapassa 7 quilômetros no verão e torna-se indistinta durante o inverno.

A partir do terraço ao ar livre, desfruta-se de uma vista panorâmica de Tromso, a infinidade de pequenas ilhas ao redor, fiordes, montanhas e enxerga-se até mesmo o mar aberto. De outra direção, dá para ver a   Tromsdalstinden, montanha mais alta da região, que está a 1.238 m acima do nível do mar. No verão, o deck panorâmico na estação superior do teleférico oferece também a oportunidade de ver o sol da meia-noite, enquanto que no inverno ocorre a “caça” pela Aurora.

A montanha é gelada, há sempre alguma neve acumulada, mas também congelada. Cuidado para não escorregar!

Logo depois da chegada ao topo da montanha, há um mirante. Não perca muito tempo ali, mas explore o restante do local

Um dos momentos mais aguardados é o pôr-do-sol, que ocorre por volta das 15h durante o mês de fevereiro

Vista do centro de Tromso. Na parte mais próxima, a ponte que conduz ao teleférico. Nas “costas” da ilha, o aeroporto

O ideal é aproveitar a luz solar para visitar o teleférico, apesar de muitas pessoas também optarem por passeios noturnos, já que existe a possibilidade de observar a Aurora Boreal lá de cima (na minha opinião é frio demais e a chance é incerta). Há um restaurante/bar no topo da montanha, para quem ficar com fome ou quiser comprar uma água (mas eu não chequei os preços). O ideal mesmo é levar um sanduíche para viagem e uma água de casa 🙂 Os banheiros localizam-se tanto na estação da base quanto na do topo e são bem limpinhos.

O bonde sobe e desce a cada 30 minutos, mas em dias que há muito movimento são feitas viagens extras para que os turistas não congelem. Outra dica importante é ir super-mega-bem agasalhado, já que lá no topo há bastante neve, faz muito frio e não há calefação nem no teleférico tampouco na casa de apoio no alto e no sopé da montanha.

O teleférico ficou fechado para reforma em 2016, durante os principais meses de inverno (de janeiro a março) para a tristeza de alguns turistas. Isso porque, na verdade, a atração é mais procurada durante o verão – no inverno, há tanta coisa para fazer que uma volta de bondinho acaba no final da lista de opções (apesar de valer super a pena e eu recomendar demais!). A troca dos carros e cabos deu mais velocidade ao teleférico, construído em 1961. Até 2016, demorava-se mais ou menos 4 minutos para chegar ao topo da montanha.

Essa cerquinha protege de quedas ou escorregões montanha abaixo, mas eu não levaria muita fé. Há vários lugares sem proteção. Melhor andar atento

SERVIÇO:

O quê? Passeio de teleférico 

Quanto? 170 NOK para adultos e 100 NOK para estudantes

Onde? Tromso, Noruega

Quando? De 15 de maio a 15 de agosto (verão) funciona das 10h à 1h. Entre 16 de agosto e 14 de maio (inverno), funciona das 10h às 22h.

 

Share: